Prefeitura Municipal de Sorriso
Avenida Porto Alegre nº 2525 - Centro
(66) 3545 4700
Horário de atendimento ao público: das 07:00 às 13:00
Menu
Sorriso digital

Prefeitura Municipal de Sorriso
Avenida Porto Alegre nº 2525 - Centro
Horário de atendimento ao público: das 07:00 às 13:00
(66) 3545 4700
Teledermatologia
Ofertado na USF do Jonas Pinheiro, o serviço de teledermatologia foi destaque na 16ª Mostra Brasil Aqui tem SUS de 2019

Ofertado na USF do Jonas Pinheiro, o serviço de teledermatologia foi destaque na 16ª Mostra Brasil Aqui tem SUS de 2019

Publicado em 15 de agosto de 2022 às 11:20
Uma equipe do Ministério da Saúde estará em Sorriso nesta semana para documentar as atividades

Teledermatologia. Foi esse serviço, que literalmente salvou a pele de muitos sorrisenses, e que levou Sorriso a conquistar posição de destaque nacional em 2019 na 16ª Mostra Brasil Aqui tem SUS - última realizada pelo Ministério da Saúde antes da pandemia, com o trabalho “Teledermatologia: conhecimento e tecnologia a favor do usuário”.

E essa é uma longa história e que soma esforços à longa distância, no caso, para nós sorrisenses, une a Unidade de Saúde da Família (USF) do Jonas Pinheiro aos serviços de telediagnóstico ofertados pelo Núcleo Técnico Científico de Telessaúde Mato Grosso, da Secretaria de Estado de Saúde. Que, conforme o próprio Estado, trata-se de um modelo funcional de diagnóstico em dermatologia via internet, ferramenta para Atenção Básica com sugestão de conduta clínica e qualificação do encaminhamento. Confira mais aqui.

Os laudos da teledermatologia fazem parte da Oferta Nacional de Telediagnóstico (ONTD), que integram o Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes coordenado pela SGETS/Ministério da Saúde. Trata-se de um processo inovador que possibilita a realização, de forma organizada, com qualidade e baixo custo, de exames diagnósticos em nível nacional. E no caso de Sorriso, os laudos foram realizados em parceria com o Núcleo de Telessaúde da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Implantando no Município em outubro de 2018, o programa já fez a diferença na vida de muita gente. Quem conta um pouco disso é o agricultor, Olívio Groff, que há três anos conheceu o programa e tratou um câncer de pele. Olívio reside no Assentamento Jonas Pinheiro, há 30 quilômetros da cidade, e, para buscar as respostas para a alterações que surgiam na pele, precisava percorrer essa distância. “Se eu fosse de ônibus, tinha mais 11 quilômetros pra andar até chegar em casa, era cansativo”, relatou ao participar do programa em 2019. Se já é difícil estar doente, imagina quando há percalços nesse tratamento, né?

 As dificuldades do Olívio na realização de consultas e acompanhamento tiveram fim quando ele conheceu o serviço de teledermatologia implantado na USF do Assentamento Jonas Pinheiro. No dia 15 de março de 2019, ele passou por uma dermatoscopia (um método de diagnóstico não invasivo que auxilia na avaliação das lesões pigmentadas da pele por meio do dermatoscópio) e em abril do mesmo ano ele passou por consulta com especialista e iniciou o tratamento. Assim como ele, outros pacientes com suspeita passaram a acompanhar lesões cutâneas com suspeita.

Contudo, nem todos os pacientes precisam passar por todo esse procedimento, de acordo com a Secretaria de Saúde e Saneamento, cerca de 50% dos casos tem o atendimento finalizado com a consulta médica e a análise dos laudos. Para documentar todas essas histórias, a partir de quarta-feira (17), uma equipe do Ministério da saúde estará na cidade.  E, como uma consequência – daquelas boas – tem salvado vidas.

E o trabalho não pode parar, afinal, se está tudo ok com a pele do seu Olívio, ainda há muitos pacientes para acompanhar por todos os cantos, né? E por isso mesmo o Teledermatologia está a todo vapor, depois de ter parado as atividades durante a pandemia, semana passada mesmo a equipe da UBS do Jonas Pinheiro já realizou novos exames, conforme explica a enfermeira da Atenção Primária, Cátia Luciano. “Com a pandemia esse programa acabou tendo que parar, as atividades foram retomadas na semana passada pela equipe da UBS que está pronta para atender a quem procura com um olhar bem atencioso e cheio de amor”, frisa. Conforme a enfermeira, pacientes ou com suspeita ou com lesões na pele, podem e devem procurar o apoio da equipe da UBS Jonas Pinheiro.

E se você tem alguma lesão na pele e busca atendimento dermatológico é só procurar a Unidade de Saúde da Família mais próxima da sua residência, quer resida ou na área central ou nos distritos, pois todo e qualquer serviço de saúde prestado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), tem seu início justamente nas unidades de saúde da família. “As USFs  são a porta de entrada para o atendimento pelo SUS, por isso sempre salientamos que qualquer pessoa que está com problemas de saúde deve procurar com urgência a USF mais perto de sua residência”, completa a profissional.

Texto: Decom com Secretaria de Saúde do Estado
Fotos: Semsas

Home
Transparência
SIC
Ouvidoria
Nós usamos cookies
Eles são usados para aprimorar a sua experiência. Ao clicar em entendi ou continuar na página, você concorda com o uso de cookies.
Saber mais