Prefeitura Municipal de Sorriso
Avenida Porto Alegre nº 2525 - Centro
(66) 3545 4700
Horário de atendimento ao público: das 07:00 às 13:00
Menu
Sorriso digital

Prefeitura Municipal de Sorriso
Avenida Porto Alegre nº 2525 - Centro
Horário de atendimento ao público: das 07:00 às 13:00
(66) 3545 4700

Desde janeiro, Município já realizou mais de 480 cirurgias de catarata e pterígio

Publicado em 10 de agosto de 2022 às 12:54

Ver. E ver sem embaçamento, sem ter que adivinhar quem ou o que é que está longe ou perto. É isso o que buscam pessoas ou com catarata ou com pterígio. E é por isso que esses procedimentos têm sido realizados continuamente pelo Município de Sorriso. Desde janeiro até agora, 256 cirurgias de cataratas e 227 de pterígio – são 483 no total; já foram realizadas com um investimento de R$ 376.876,43 de recursos do Município e do Estado – R$ 256 nas cirurgias de catarata e R$ 120.876,13 nas de pterígio.

Hoje, quarta-feira, 10 de agosto, há sorrisenses realizando o procedimento no Hospital Regional Hilda Splenger Ribeiro, de Nova Mutum. Todos os pacientes passaram por exames e consultas pré-cirúrgicas no Ambulatório Multiprofissional Especializado do Município. Só nos últimos dias foram mais de 100 consultas pré-cirúrgicas. Todos os procedimentos integram o Programa Mais Saúde.

O gestor da pasta de Saúde e Saneamento, Sílvio Stolfo, pontua que esses procedimentos de alta e média complexidade são de responsabilidade do Estado, mas devido à grande demanda e o tempo de espera diante da pandemia, o Município adquiriu os serviços médicos com recursos próprios.

Sílvio destaca que todos os procedimentos são adquiridos por processos legais na iniciativa privada e obedecem à fila de espera da Central de Regulação da Secretaria Municipal de Saúde. “Estamos seguindo a ordem da fila e atendendo situações identificadas como de prioridade de casos pelos médicos”, pontua.

E como em qualquer outro procedimento da rede pública de saúde do Município, a porta de entrada é sempre a Unidade Básica de Saúde. A partir do atendimento na UBS é que o paciente recebe as orientações médicas, faz os exames necessários e é encaminhado para a cirurgia, caso o médico confirme a necessidade. “Destacamos que pacientes que estão aguardando esses procedimentos devem ficar atentos aos contatos realizados pela equipe de regulação da Secretaria”, salienta. O secretário explica que como as cirurgias são adquiridas da iniciativa privada, elas estão sendo realizadas de acordo com cronograma próprio de cada unidade hospitalar. “Há procedimentos mais demorados para realização, então tudo precisa passar por planejamento”, diz.

Texto: Decom
Fotos: Arte Decom

Home
Transparência
SIC
Ouvidoria
Nós usamos cookies
Eles são usados para aprimorar a sua experiência. Ao clicar em entendi ou continuar na página, você concorda com o uso de cookies.
Saber mais